Blog Alexandre Carvalho

sexta-feira, 6 de março de 2009

Marketing Ambiental

Abaixo um artigo muito interessante sobre Marketing Ambiental, um estilo de marketing cada vez mais utilizado por grandes empresas.

A consciência ambiental é muitas vezes não só necessária como lucrativa. Em muitas organizações, essa consciência inclui o Marketing Verde, ou seja, atividades de marketing destinadas a atender ao desejo dos clientes de proteger o ambiente.

O marketing verde pode beneficiar uma organização de várias maneiras. Primeiro, ele é simpático aos valores de muitas pessoas. Alguns consumidores sentem-se melhor comprando um detergente ou ar-condicionado que não prejudique o meio ambiente. Os clientes organizacionais podem comprar produtos ecologicamente corretos por outras razões também, como economizar o dinheiro que seria gasto para tratar o lixo, enviar catálogos ou folhetos a pessoas não interessadas e despachar embalagens volumosas. Outra motivação é a necessidade de obedecer a leis ambientais.

As organizações que praticam o marketing verde tentam assegurar que seus produtos sejam bons para o ambiente ou, pelo menos, causem pouco ou nenhum dano a ele. Para tanto, elas podem produzir bens recicláveis ou utilizar materiais reciclados em seus produtos.

Os profissionais do marketing verde também procuram embalar seus bens de maneira que tenham menos impacto sobre o ambiente, usando embalagens recicláveis ou simplesmente menos embalagem. A escolha, porém, nem sempre é simples. Os recipientes feitos de plástico reciclado, por exemplo, são menos resistentes à quebra, portanto os fabricantes precisam usar mais material, tornando os recipientes mais pesados e exigindo mais energia para transportá-los.

Um produto que não prejudica o ambiente não envolve necessariamente um preço mais alto. Em um estudo, 93% dos adultos disseram que o impacto ambiental de um produto era importante para eles ao tomar decisões de compras, mas dois terços afirmaram que produtos não-prejudiciais ao ambiente não deveriam custar mais.
O marketing verde procura despachar produtos com um gasto mínimo de energia e reutilizar materiais de embalagem.

Em função da demanda por produtos "verdes", é tentador anunciar que nossos produtos são benéficos ao meio ambiente, porém alegações exageradas ou vagas podem confundir os clientes. Além disso, tal comportamento pode violar leis e regulamentações. Manter as afirmações a respeito de um produto dentro de um limite modesto não só evita decepcionar os clientes, como mantém baixa a ânsia de nossos concorrentes por nos superar.

Manter-se em compasso com os desenvolvimentos tecnológicos é especialmente importante para o homem de marketing que serve a clientes empresariais. Os compradores organizacionais podem depender de inovações tecnológicas para sua própria sobrevivência em mercados competitivos.

No processo administrativo que hoje experimentamos, em cujo bojo a participação de todos é de fundamental relevância, o Marketing Ambiental emerge como importante ferramenta, de cuidadoso emprego, soando bem tanto intestinamente quanto na seara externa, onde se encontram os nossos competidores, em convivência crítica nem sempre harmônica.

Fonte: Master Ambiental

Caso queira comentar, sugerir, ou discutir algo, por favor entre em contato pelo blog ou pelo meu e-mail - alexandre@alexandrecarvalho.com

Grande Abraço

Um comentário:

Gaby Comments disse...

Parabéns! Se todos tivessem iniciativa e consciência, o mundo seria bem diferente do que é hoje.
Abraços!

Related Posts with Thumbnails

Veja também,